terça-feira, maio 18, 2010

Por outro lado...

O Ceará registra nos últimos três anos só boas notícias na área de doação e transplantes de órgãos e tecidos. A mais nova é que o número de doadores efetivos de órgãos e tecidos no Ceará aumentou de 11,2 em 2009 para 19,1 por cada milhão de habitantes, no primeiro trimestre deste ano, de acordo com o Governo do Estado. O Estado fica abaixo apenas de São Paulo, com 22 doadores efetivos. De acordo com o Governo do Estado, antes o Ceará ficava abaixo de quatro Estados - Santa Catarina, São Paulo, Rio Grande do Sul e ainda do Distrito Federal.

Ainda segundo o Governo do Estado, este ano, até a última segunda-feira, 17, já foram realizados 315 transplantes de órgãos e tecidos Ceará. Em 2006, durante todo o ano, foram feitos 446 transplantes. Nos anos seguintes - 2007, 2008 e 2009, a Central de Transplantes do Estado comemorou recordes sucessivos. Em 2007, foram 618 transplantes, 739 em 2008, pulando para 767 em 2009, ano em que o Ceará ficou em primeiro lugar no ranking nacional em transplante de coração por milhão de habitantes.

Dos 315 transplantes feitos este ano, 160 são de córneas e 45 de fígado. Nesse mesmo período do ano passado, de janeiro a meados de maio de 2009, o número de transplantes de fígado não chegava a metade: ficou em 17. De dezembro para cá o Hospital Geral de Fortaleza, após credenciamento do Ministério da Saúde, passou a realizar transplantes de fígado

Um comentário:

Ministério da saúde disse...

Olá Vicente Adeodato,

No Brasil, a doação só acontece com o consentimento dos familiares.
A oportunidade de recomeçar a vida, quando as esperanças já são poucas, é o maior presente que alguém pode receber.

O Ministério da Saúde está investindo na conscientização a respeito da Doação de Órgãos. Sua participação é fundamental.

Divulgue o link sobre doação de órgãos: http://bit.ly/cHLx34 e esclareça suas dúvidas. Seja doador e salve vidas.

Para mais informações:
fernanda.scavacini@saude.gov.br
Ministério da Saúde